Sobre porta

Então, só pra falar, sabe quando uma ideia parece boa na sua cabeça até que ela passa pelos seus dentes e, depois que vc a escuta em voz alta, não faz o mesmo sentido que tinha antes?

Isso acontece comigo frequentemente. Eu não tenho um bom editor mental. Com quadrinhos acontece o mesmo, mas em escala menor. Bom, até essa vez.

O gibi Porta não é o gibi Porta que eu tinha na minha cabeça. Bem diferente. Mas ficou pronto. Se ficou pronto, independente do resultado, é postado.

Nunca tive a necessidade de falar sobre um resultado ruim por pior que fosse. Essa é a primeira vez. Deve ser a gripe.

Anúncios

3 comentários sobre “Sobre porta

  1. Curti ter postado isso, porque é mais interessante saber o que deu de errado, digo, as dificuldades de criação, do que a coisa sempre mostrada como maravilha, pois leva a aprimorar e questionar o processo criativo! Comigo, durante a criação, muitas coisas vão mudando porque há um enorme questionamento da validade das idéias.

    • A minha ideia era fazer um diálogo de um casal, escutado pelo filho que ainda está acordado na cama. Mais ou menos, foi isso que saiu. De qualquer jeito, acho que as minhas habilidades como desenhista não foram suficientes pra desenhar a porta de forma satisfatória. Além disso, algumas transições simplesmente não funcionaram. Eu deixei uns quadros sem diálogos representando o tempo que a mãe levaria pra ir andando de onde quer que ela estivesse sentada até a porta, pra poder deixá-la mais encostada, daí a menor presença de luz. Mas não funcionou muito bem. Depois, mais uma vez, na transição de uma porta semi fechada, pra completamente fechada, quando se escuta a voz abafada da mãe dizendo boa noite para o filho. De novo, não funcionou. Acho que o leitor não vai ter essa percepção.
      Na minha cabeça faz mais sentido.

      • Pior que você explicando faz muito mais sentido…, quanto a porta, acho que ela tá bem salientada, pois dá pra entender a intenção dela, em relação aos tempos dos quadros, fica meio difícil saber esse lance da aproximação, o que daria certo você fazer pra mostrar que ela está distante e vai de aproximando era mudar a intensidade gráfica da fala, do balão, fazendo com que a pessoa se aproximasse pra ler e percebesse que seria um ruído distante, dai ele vai ganhando um pouco mais de definição quando eles se aproximam pra fechar! E sei como é esse lance de fazer sentido pra você, quando desenho e pergunto pra pessoas, cada uma tem um entendimento, ou não entendem, mesmo que pra mim fique claro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s